Siga o blog por E-mail

domingo, 4 de março de 2012

A moeda universal da felicidade!




A moeda universal da felicidade!

Dietrich Bonhoeffer disse que o propósito da pureza sexual não é negar prazer, mas dirigir nossas vidas para um fim. O fim não é apenas prazer na cama com aquele(a) com quem nos casamos, mas é também contentamento nos braços de Jesus.

Somos pessoas que desejam ser amadas e compreendidas em um mundo de declínio dos laços familiares e disfunções de relacionamentos. Buscamos conexões, com nós mesmos e com os outros, através da musica, dos computadores, dos esportes, de posses materiais, de sexo e relacionamentos amorosos.
Uma das maiores mentiras do mundo é que este contentamento vem de relacionamentos amorosos, enquanto diversos relacionamentos podem nos trazer este contentamento, que por sinal é normal se sentir falta, já que somos seres sociais numa geração de poucos valores.
Uma mentira embutida nas mentiras sobre relacionamentos é o nível de envolvimento dentro deles, por exemplo a sedução do sexo: o sexo cria intimidade, o sexo ajuda a conhecer melhor o parceiro(a) e melhora a relação a longo prazo, o sexo sem compromisso é divertido e libertador, não ser sexualmente ativo é sinônimo de repressão, sexo é liberdade, sexo fora do casamento é algo normal para Deus já que estamos no seculo 21, e, esperar pode não valer a pena e devo usar o que posso enquanto posso, isso é um mar de mentiras.

As verdades da vida cabem aqui:
O ser humano padece por falta de conhecimento!

Alguém já nos disse o valor da família e dos amigos, já ouvimos falar do valor do amor de irmão e do valor da confiança e credibilidade em pessoas distintas, mas assim que um vazio nos toma a alma achamos que o que falta é um namoro, sexo, ou simplesmente falta “alguém para mim”.
Existe um vazio que Deus preenche na unidade, e que podemos rodar o mundo e nunca será preenchido, e você pode ter pensado que o sexo não é para você o fator preenchedor deste vazio, mas lembre-se que o sexo tem se tornado a moeda universal dos sentimentos, é normal o sexo ser o medidor do amor, ser o mantedor de relacionamentos e ser o comprador de atenção!
Nunca nada poderá ter tanto envolvimento com relacionamentos amorosos como o sexo no século 21, e as mentiras do sexo deixam de estar impregnadas em nós quando entendemos o valor de outros relacionamentos e vemos que isso não se negocia e que não tem nenhuma ligação com os relacionamentos de baixo padrão que temos tomado por “solução” do nosso vazio.
Não confunda certo por errado, é inútil buscar em namoro, sexo, amizades muquiranas, amigos insensíveis, pessoas não transparentes, mentirosos, falsos e variáveis o que só encontramos naqueles que sabem do que precisamos, que não é beijo, e sim atenção, não sexo e sim bons conselhos, não o mundão e sim a vontade de Deus e seu conhecimento para que não pereçamos.

Mas e agora que entendemos do que realmente precisamos???

#FICAaDICA:

Seja prudente e não ingenuo, saiba do que precisa fugir para sair do padrão sexual e seu “mercado”;
Aceite o fato de que a satisfação completa tem de esperar, entenda o que você realmente precisa;
Valorize seu futuro companheiro(a) agora mesmo antes de conhece-lo(a) e previna-se de envolver com pessoas erradas pois existe uma pessoa exatamente certa para nós gerada em Deus;
Fixe padrões elevados, não fique no raso, ponha limites e não negocie valores;
Projete seus compromissos cuidadosamente, pense em quem e com quem sua rotina pende a fugir dos padrões;
Ajudem uns aos outros a permanecerem fiéis e valorize as coisas certas;
Tenha em mente que homens e mulheres reagem de maneira diferente a estímulos sexuais e à envolvimento da alma, portanto mesmo depois de identificar e limitar ações que sejam prejudiciais a você, pense nos outros e imponha limites para suas ações de modo a não afetar os outros;
Não permita que as emoções guiem seu comportamento sexual ou seus relacionamentos.

Sexo tem sido como uma moeda... as pessoas querem comprar coisas materiais e sentimentais com o sexo e isso me gera estranhas sensações de que a banalização do sexo pode tirar o real valor dele.
Deus criou o sexo e criou um tempo certo para que ele seja como um presente especial a ser aberto em uma data e local especial, imagine-se presenteando alguém com algo especial, você planeja um local e uma data e entrega um presente.
A maior mentira do século 21 em relação a relacionamentos é que precisamos de sexo, quem disse isso? Quase todos! Quem sabe o que está dizendo? Os que lhes faltam conhecimento, e por isso padecem!

Faça amigos, seja mais transparente, invista tempo em amizades saudáveis, não gaste tempo com quem acredita que um beijo ou um carinho pode encher sua alma, faça valer a pena seus relacionamentos com o verdadeiro valor da verdade, seja fiel, seja verdadeiro, seja exato no que diz e no que faz, seja bom amigo, seja bom parente, tenha bons amigos e invista na sua família, encha-se do que realmente vale a pena, pois a moeda universal da felicidade é o puro amor!


(Leia “7 mentiras sobre sexo – de Alice Fryling”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário